A Cidade de Maceió

ORIGEM

O povoado que deu origem a Maceió surgiu em um engenho de cana de açúcar, por volta de 1.609 - data de sua fundação. Maceió vem da língua tupi, das denominações "MAÇAYÓ" ou " MAÇAIO-K "e quer dizer "aquele que tapa o alagadiço", talvez pela abundância de águas por todos os lados e a constante subida e descida das marés.

Diz a história que o povoado de Maceió tinha uma capelinha em homenagem à Nossa Senhora dos Prazeres, bem onde hoje está a Igreja Matriz, na Praça Dom Pedro II. A emancipação política de Maceió aconteceu no ano de 1817.

Foram os índios que assistiram a esse espetáculo da natureza. Passaram a chamar o local de Macaio-ok, que significa "O que tapa o alagadiço". Mais tarde os portugueses modificaram o nome indígena, e assim surgiu o atual nome da cidade: Maceió.

Do alagadiço de ontem à cidade de hoje muitas águas rolaram. O povoamento europeu da região data do século XVII, quando os navios chegaram pela enseada de Jaraguá, ancoradouro natural onde eram levados os carregamentos de madeira das florestas litorâneas. Depois, escoou por Jaraguá a produção de açúcar.

Nesta época o açúcar era fabricado em engenhos próximos, como o localizado em Garça Torta, do qual não existem mais vestígios. Maceió ainda guarda muito da Vila do século passado: casarões antigos, ruas estreitas e tortuosas, o convívio amistoso de seus moradores que, em alguns bairros, ainda põem as cadeiras nas calçadas para um bate-papo à noite.

id5 - soluções web